Sem Amor

Sem amor…
A vida seria chata demais.
Os diálogos se resumiriam a um simples “tanto faz”.
Os barcos viveriam sempre ancorados no cais.
Os lugares seriam tristes e sem paz.

Sem amor…
A vida é como um ritmo que você não pode dançar.
É como uma música que não se pode cantar.
É como um lugar o qual não se pode chegar.
É não ter um coração para amar.

Sem amor…
A vida é como um baile que você não é convidado.
É viver com a tristeza no peito acostumado.
É reclamar de todos sendo um amargurado.
E, no final, descobrir que você é um mal amado.

Sem amor…
A vida é como um círculo sem centro
É como se as proparoxítonas não tivessem acento.
É como uma vizinhança onde só se moram velhos rabugentos.
É como um ventilador que não propaga vento.

Sem amor é como muitos querem ficar.
Mas eu não permitiria que minha vida se transformasse em um horror.
Então acredite quando eu te disser
Que não quero ficar sem amor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s