Segredo do Castelo – Cap. 2 – A morte do Rei Arturo

Lionel entra no castelo, sua família está a sua espera. Eles eram uns plebeus que viviam pelos ares do castelo Kastrong. A linhagem real Mequieveliuns amava a família de Lionel, por isso os deixaram esperar o soldado lá. Estavam todos entusiasmados com a chegada de Lionel, e o rei Arturo havia ordenado que houvesse um banquete em comemoração pela volta de Lionel ao castelo.
– Quando vai começar? – perguntou Lionel.
– Não vai demorar, apenas aguarde um poucochinho de tempo! – respondeu a Rainha Ofélia – estamos apenas esperando a chegada de meu esposo e seu conselheiro Serafin.
O rei chega, todos se sentam, o banquete começa. Nesse momento, todos comiam enquanto conversavam sobre Lionel e sua aventura de volta ao reino. O rei Arturo levanta sua taça de vinho e discursa a todos:
– Um brinde ao nosso bravo soldado, que enfrentou batalhas ferrenhas até conseguir voltar ao nosso castelo! – disse o rei em tom de ordem a todos para levantarem suas taças – ele demonstrou a verdadeira lealdade ao nosso reino. Ele é verdadeiramente um…
Nesse momento, uma voz bradando bem alto interrompeu o discurso do rei.
– ELE É UM FARSANTE! – esbravejou Amira, a princesa louca.
– Tirem essa louca daqui! – gritou Serafin.
– Guardas retirem minha filha daqui! – ordenou a rainha Ofélia.
Quando os guardas contiveram Amira já era tarde demais, ela já havia corrido até o rei e o derrubado, deixando o rei todo sujo de vinho.
– Levantem o rei! – exclamou Serafin – tragam uma nova taça de vinho para ele!
O rei se recompôs, uma nova taça de vinho foi colocada, e todos voltaram a comer. Então, o rei retoma a palavra:
– Lionel, me perdoe pelo ocorrido, minha filha estava em um ataque de nervos – disse o rei em tom entristecido.
– Tudo bem, não se encuque meu rei, o problema já passou – respondeu Lionel.
Enquanto todos comiam, o rei Arturo começa a sentir um mal estar, até que em um momento seu rosto cai sobre a mesa.
– Guardas ajudem! Socorro! – a rainha Ofélia grita desesperadamente
– Alguém acuda o rei Arturo! – exclama Lionel
Quando os curandeiros, xamãs e todos os outros médicos que existiam nas redondezas do reino chegaram já não havia mais tempo.
O rei Arturo estava morto

(continua…)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s